Todos contra o Coronavírus

Estamos diante de um desafio global, que tem mostrado diariamente resultados assustadores, em países como a China, Irã, Coréia e Itália, por exemplo. No Brasil, os números do novo coronavírus (COVID-19) começam apresentar uma crescente, com maior incidência nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro. No Amazonas, até a última sexta-feira (13), havia apenas um caso suspeito e sete já descartados, conforme dados do Ministério da Saúde.

Apesar de nenhum caso confirmado no Amazonas, conforme as informações oficiais, não podemos baixar a guarda diante desse adversário. Todos nós cidadãos comuns e os poderes públicos como governo, prefeituras, casas legislativos, órgãos públicos, empresas entre outras organizações, precisamos, sem desespero, cuidar da prevenção.

É necessário reforçar o controle de entrada e saída dos portos e aeroportos, com tecnologia de detecção para a devida sondagem de casos suspeitos e a identificação de confirmados. Como tarefa de casa, as famílias, e todos os lugares públicos de média e grande circulação devem disponibilizar de material higiênico como álcool em gel, torneia com sabão e toalhas para a devida lavagem das mãos.

Tudo cuidado é pouco haja vista que o vírus que nasceu na China, tem avançado por todos os continentes, quase que de forma descontrolada. A Itália como um todo está de quarentena. Lá ninguém entra e ninguém sai. Nos Estados Unidos da América (EUA), o presidente Donald Trump suspendeu a recepção de viagens a Europa. Na América Latina, a Conmebol suspendeu a abertura dos jogos das eliminatórias para a Copa do Mundo.

Portanto, enquanto por aqui há apenas suspeitas, vamos fortalecer o hábito de nos prevenir do contágio: lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel, cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir, evite aglomerações se estiver doente, mantenha os ambientes bem ventilados e não compartilhe objetos pessoais.

Deixe uma resposta